Igreja Paroquial de Santa Clara

O templo paroquial de Santa Clara contém em si uma história de persistência, longas esperas, sucessos e retrocessos, desilusões e vitórias, personificadas na segunda metade do século XX pelo Padre Fernando Vieira Gomes (1922-2002).

Sabe-se que a pequena ermida, modesta, feita de pedra e barro, em redor da qual nasceu a atual paróquia, terá sido construída em inícios do século XVI, por quatro precursores do culto de Santa Clara de Assis em São Miguel.

Após vários períodos de obras, em épocas diferentes, o último dos quais ocorrido no início do século XXI, o templo atual apresenta-se completamente renovado nos seus altares, instalação elétrica, ar condicionado, salas de catequese e, inclusive, um novo carrilhão de dez sinos. No dia 5 de setembro de 2004, Festa da Padroeira, o Bispo D. António de Sousa Braga procedeu à inauguração e bênção da igreja, após as últimas obras.

Coordenadas: N 37º 44.049′ W 25º 41.010′


 

Jardim Padre Fernando Vieira Gomes

O Jardim Padre Fernando Vieira Gomes, inaugurado a  17 de julho de 2010, resulta da requalificação do espaço restante da antiga Mata da Doca e teve como objetivo principal a criação de um espaço com qualidade ambiental e paisagística fortemente vocacionado para atividades de recreio. Integra diversas zonas de recreio com uma estrutura verde adequada às condições ecológicas das diferentes zonas e em função do tipo de atividade preconizada. Contempla aspetos como:

  • vistas em direção ao mar a partir dos pontos mais altos do jardim;
  • combinação da presença de araucárias centenárias com a implantação de nova vegetação arbórea e arbustiva e criação de clareiras de relvado para recreio informal;
  • mesas de merendas;
  • equipamento infantil e juvenil, bem como zona de prática desportiva com equipamentos para atividade física.

O Jardim possui duas entradas:

  • Entrada Principal (a sul): no largo Diniz Moreira da Mota;
  • Entrada Secundária (a norte): com acesso através da Bomba de Gasolina da Repsol.

Em 2016, foram criadas instalações sanitárias junto à entrada sul do Jardim.

Coordenadas: N 37º 44.107′ W 25º 40.991′


 

Ponta delgada (Ponta da sardinha)

“Esta cidade de Ponta Delgada é assim chamada por estar situada junto de uma ponta de pedra de biscouto, delgada e não grossa como as outras da ilha, quase rasa com o mar, que depois, por se edificar mais perto dela uma ermida de Santa Clara, se chamou ponta de Santa Clara; entre a qual e a da Galé se faz uma grande enseada, já dita, de compridão de três léguas.”  Gaspar Frutuoso (1522-1591) – Saudades da Terra Livro IV – Vol II

A Ponta Delgada (também conhecida entre a população como Ponta da Sardinha) está localizada na zona litoral da freguesia, na Rua Padre Fernando Vieira Gomes, e apesar de alguma desorganização patente da orla marítima, é possível ser visualizada, principalmente nos períodos de baixa-mar, a cerca de 150 metros a nascente do Farol de Santa Clara.

Coordenadas (ponto de observação): N 37º 43.991′ W 25º 41.019′


 

Farol de Santa Clara

Este lindíssimo farol esteve instalado desde 1886 até finais da década de 1930 ou início da década de 1940 na torre de Belém, em Lisboa, herdando a sua requintada lanterna as formas das guaritas manuelinas.

Em dezembro de 1942, após o derrube do farol da cabeça do molhe do porto de Ponta Delgada, devido a forte temporal, foi então decidido instalar um novo farol em terra firme, tendo sido escolhido um local próximo da restinga de Ponta Delgada (que deu nome à cidade), em Santa Clara. Coube à Junta Autónoma dos Portos de Ponta Delgada, então dirigida pelo Engº. Abel Coutinho e com a direção técnica do Agente Técnico Carlos Horta a sua montagem e instalação, tendo sido inaugurado em 15 de junho de 1945.

Coordenadas: N 37º 44.000′ W 25º 41.150′


 

Gruta do Carvão

Localizada na zona poente da cidade de Ponta Delgada, a Gruta do Carvão, possui uma extensão atual de 1912 metros repartida por 3 troços, um a Norte (Troço Paim) com uma extensão de 880,2 metros, um intermédio (Troço dos Secadores de Tabaco, Rua de Lisboa) com um comprimento de 701,8 metros, e um a Sul (Troço João do Rego) com 300 metros. Contudo documentos antigos e observações de campo indiciam uma dimensão muito superior à atualmente conhecida, podendo ter atingido dimensões na ordem dos 5 quilómetros de comprimento, desde o litoral até às proximidades da Serra Gorda, nos Arrifes.

A Gruta do Carvão pode ser visitada, para mais informações visite a página oficial da Gruta do Carvão – Amigos do Açores .

Coordenadas: N 37º 44.890′ W 25º 41.229′


 

Nota: Para aceder aos documentos clique na hiperligação a vermelho.